Leia em 6 min

Tapete de crochê é toda uma entidade. Existem vários fios, técnicas e cores em que se pode fazer um. E existe também o estereótipo: se você pedir pra alguém que não crocheta “o que vem à cabeça, quando falamos em tapete de crochê?”, eu aposto que a resposta vai ficar entre barbante bege, flores mescladas e jogo de banheiro, os clássicos desse conjunto.

Um tapete é um tapete, não é mesmo? Os do instagram da Kronastore são simplesmente lindos, e com as fotografias que eu quero saber fazer quando eu crescer

Os tapetes em fio de malha, uma febre um pouco mais recente entre nós crocheteiras, também tem suas próprias regras, técnicas e objetivos. Especialmente cotados para quartos de bebê (combinando com cestinhos, nhoin!), eles podem ser feitos em uma infinidade de formas e tamanhos. Às vezes me espanta o quanto o fio de malha se desenvolveu como uma técnica à parte, com regras próprias e efeitos novos. Amo essa renovação no crochê.

Cestos em fio de malha + Tapete: uma combinação que já nasceu dando certo. Foto: instagram da Lena Navi

Mas se há algoa com que todas nós temos que lidar, quando brincamos com fio de malha proveniente de resíduos, essa coisa é a irregularidade do fio. A receita de crochê desse desafio é um tapete em forma de osso, que eu achei que levaria dois rolos pra ficar pronto. Mas, no final das contas, um rolinho foi suficiente! Mesmo tendo usado meio de cada, pela irregularidade do fio, ainda conta como um, certo? Hahahaha. Tudo vai depender da metragem do seu fio. Por garantia, tenha dois.

Essa lambeção de beiços denuncia a necessária chantagem em forma de biscoito de gato, pra que eu pudesse tirar a foto. Não me julguem.

Tapete de crochê em forma de osso – Receita de Crochê

Agulha: depende do fio. Aqui, 10 mm (Usei a Tulip Mind)
Linha: Fio de malha na cor menta, sem marca
Tamanho (aprox): 40 cm x 65 cm
Tipo de crochê: carreiras (vai e vem)
Nível: Médio. Precisa se concentrar na contagem.

Pontos usados: 
corr: correntinha
pbx: ponto baixíssimo
pb: ponto baixo
aum: dois pontos baixos no mesmo ponto da carreira anterior
dim: diminuição simples (passe a laçada pelo ponto como se fosse fazer um ponto baixo, mas não finaliza. Passe uma laçada também pelo ponto seguinte, e finalize os três aros que estão na agulha com uma laçada só).

A diminuição simples é a técnica usada nessa receita. Não faça a invisível (usada em amigurumis), ou seu tapete terá um lado em que fica um “buraquinho” na trama.

IMPORTANTE: ao final de cada carreira, faça uma correntinha e vire a peça, antes de prosseguir.

Carreira 1: pegando pela terceira alça, nossa carreira de base terá o mesmo acabamento tanto em cima quanto embaixo.

Faça cinco correntinhas.

Carreira 1: a partir da 2ª corr. próxima à agulha, faça um pb em cada corr., pegando pela terceira alça (4)
Carreira 2: 1 aum, 2pb, 1 aum (6)
Carreira 3: 1 aum, 4pb, 1 aum (8)
Carreira 4: 1 aum, 6pb, 1 aum (10)
Carreira 5: 1 aum, 8pb, 1 aum (12)
Carreira 6: 1 aum, 10pb, 1 aum (14)

Puxe uma correntinha para assegurar a integridade do tecido e corte o fio.
Reserve esse pedaço, vamos fazer outro igualzinho.

Repita as seis carreiras anteriores mas, desta vez, não corte o fio.

Carreira 7: quando as duas partes estiverem prontas, vamos uní-las passando por cima, como se nada tivesse acontecido.

Carreira 7: Faça 14 pb. Junte o pedaço anterior e faça 14 pb por cima dele também. A partir desta carreira, as duas partes estarão unidas. (28)

Carreira 8 a 11 (4 vezes): 28 pb (28)

Carreira 11: sua peça deve estar mais ou menos assim

Carreira 12: 1 dim, 24 pb, 1 dim (26)
Carreira 13: 1 dim, 22 pb, 1 dim (24)
Carreira 14: 1 dim, 20 pb, 1 dim (22)
Carreira 15: 1 dim, 18 pb, 1 dim (20)
Carreira 16: 1 dim, 16 pb, 1 dim (18)
Carreira 17: 1 dim, 14 pb, 1 dim (16)
Coloque um marcador no pé do primeiro e do último ponto dessa carreira, pra facilitar a contagem.

Colocando um marcador no pé da carreira 17, a primeira sem diminuições, facilita bastante pra manter a contagem dos pontos em dia. São 24 carreiras com 16 pontos, no total dessa parte.

Carreira 18 à 40: 16 pb (16)
Contando a carreira 17, onde colocamos o marcador, você deve ter um total de 24 carreiras com 16 pontos.

Carreira 40: quando a gente chegar aqui, é hora de colocar um aumento em cada canto

Carreira 41: 1 aum, 14pb, 1 aum (18)
Carreira 42: 1 aum, 16pb, 1 aum (20)
Carreira 43: 1 aum, 18pb, 1 aum (22)
Carreira 44: 1 aum, 20pb, 1 aum (24)
Carreira 45: 1 aum, 22pb, 1 aum (26)
Carreira 46: 1 aum, 24pb, 1 aum (28)

Careira 43: é onde os aumentos começam a ficar bem visíveis

Carreira 47 a 50 (4 vezes): 28 pb (28)

Colocar marcadores no pé da carreira 46 pode te ajudar a visualizar melhor quando atingir as 5 carreiras sem aumento nem diminuição (Carreiras 46 a 50)

Carreira 51: 14 pb (14)
Aqui você vai crochetar só até a metade do trabalho e virar.

Carreira 52: 1 dim, 10 pb, 1 dim (12)
Carreira 53: 1 dim, 8 pb, 1 dim (10)
Carreira 54: 1 dim, 6 pb, 1 dim (8)
Carreira 55: 1 dim, 4 pb, 1 dim (6)
Carreira 56: 1 dim, 2 pb, 1 dim (4)

Carreiras 51 a 56: a gente vai repetir duas vezes, uma para cada parte redondinha da ponta do osso. Separadamente, como no início da receita

Puxe uma correntinha para assegurar a integridade do tecido e corte o fio.
Reinsira a agulha no centro, justo ao lado da parte que acabamos de crochetar
Vamos fazer esse pedaço de dentro para fora, para que os pontos fiquem virados para o mesmo lado, e a emenda seja imperceptível.

Repita as carreiras 51 a 56.

Não corte o fio. Em vez disso, faça pontos baixos ao redor de todo o tapete, para dar acabamento. Uma alternativa é dar um ponto baixo, uma corrente, para que o acabamento fique mais maleável. Tente não agrupar muitos pontos próximos, e nem deixá-los muito distantes (para que o tecido não se estique).

A blocagem é opcional. Eu, que tenho preguiça, fico com ele assim mesmo, bloca quando lavar. hahaha

Se fizer, não esqueça de marcar a gente usando a hashtag #DesafioCrochetLand, pra todo mundo ver sua peça! 😀

E posta também lá no grupo mais legal do mundo mundial, o Desafio Crochet Land. É o lugar mais legal para tirar dúvidas, fazer perguntas e compartilhar conhecimento. Vem fazer parte do nosso clubinho virtual! <3

Você pode vender peças feitas com todas as receitas aqui do site, inclusive esta. Por favor, não reproduza a receita como sendo sua. Se quiser compartilhá-la, envie esse link. Se possível, me marque como criadora quando você postar. Assim, eu te ajudo criando receitas e você me ajuda divulgando meu trabalho, e postando cada vez mais por aqui! 🙂

Obrigada pela companhia.

Beijas, e bom crochê! :*

Deixe uma resposta