Ler seu livro favorito sem gelar as mãozinhas? Pois agora pode 💛
Leia em 11 min

Se você tá por fora da nova febrinha tecelã do momento, te apresentamos a nossa brincadeira coletiva do mês: o Desafio Crochet Land dos Cachecóis com Bolso! 😀

Vou atualizar em breve esse post com uma listinha deliciosa de receitas pra você escolher sua favorita e mandar ver! Maaas, como sempre, também fizemos uma receita nova e em português, para contribuir com essa comunidade que é todo o amor que há nessa vida <3

Me uni às moderadoras do grupo mais legal do mundo mundial (Fer, Gabb e Daisy) para fazermos uma receita coletiva, com direito a reuniões via whatsapp para juntarmos todas as ideias, e muita troca de fotos de desenhos explicativos, que deixaram claro que, como desenhistas, é melhor continuarmos focadas no crochê HAHAHA

E, como ele é feito de ideias juntadas em uma coisa só, não resisti a uma referência literária ao monstro de Mary Shelley, criado pelo Dr. Frankenstein. Sim, o nome do monstro não é Frankenstein, mas o do seu criador é, e a gente é assim de folienta e vamos colocar o nome do mesmo jeito. Hahaha.

Frank, cachecol com bolso – Receita de Crochê

Agulha e Linha: Fio Urbano, agulha 9 mm (Bruna)
Variações: Daisy: Mollet dupla, agulha 12 mm, Gabb: Magic Pull, agulha 8 mm, Fernanda: Harmony dupla, 10 mm
Tamanho (aprox): 1,68 cm x 18 cm
Tipo de crochê: carreiras (vai e vem)
Nível: Fácil.

Pontos usados: 
corr: correntinha
pbx: ponto baixíssimo
pb: ponto baixo

IMPORTANTE: 
– Ao final de cada carreira, faça duas correntinhas e vire a peça, antes de prosseguir.
– Na primeira carreira (tanto dos bolsos quanto do cachecol), sempre faça os pontos usando o terceiro elo.

O terceiro elo é esse que fica bem atrás da correntinha

Corpo da peça

Faça 16 correntes.
A partir da 3ª corr. próxima à agulha, faça um pt em cada corrente, da seguinte forma: 1 pa, 1pb, 1 pa, 1pb… e assim, sucessivamente. O último ponto será um ponto baixo.
Faça 2 corr, e vire a peça.

FOTO

Repita as instruções acima, sempre começando com 1 pa, e terminando a carreira com 1 pb. Dessa forma, os pontos altos ficarão em cima dos pontos baixos, e vice versa, criando esse efeito texturizado.

Fiz um total de dois novelos de Urbano (usei um terceiro para os bolsos), sem contar as carreiras. Deu certinho o tamanho dos meus braços. Você provavelmente tem um tamanho diferente, então, o ideal é ir medindo em você. (Contei agora, só pra dar a informação: o meu ficou com 112 carreiras – mas esse número não importa, ok?)

Também existe a possibilidade de você fazer maior, para conseguir dar uma volta no pescoço, como as meninas fizeram. O procedimento de ir medindo é o mesmo. 🙂

Bolsos

Faça 16 correntes.
Carreira 1: A partir da 3ª corr. próxima à agulha, faça um pt em cada corrente, da seguinte forma: 1 pa, 1pb, 1 pa, 1pb… e assim, sucessivamente. O último ponto será um ponto baixo.
Faça 2 corr, e vire a peça.

Carreiras 2 a 14: Repita as instruções acima, sempre começando com 1 pa, e terminando a carreira com 1 pb. Dessa forma, os pontos altos ficarão em cima dos pontos baixos, e vice versa, criando esse efeito texturizado.

—– Não corte o fio! —–

Faremos a costura das duas peças usando ponto baixíssimo, com o fio ligado ao novelo.

Usei quatro marcadores rosas para prender os bolsos, quatro azuis para os buracos dos dedos polegares e cinco roxos para a marcação dos demais dedos

Coloque quatro marcadores de ponto (se não tiver, use grampos de cabelo ou pedaços de fio), da seguinte forma:

  1. Alinhe o primeiro bolso crochetado a um dos extremos do cachecol, deixando os “rabinhos” do fio inicial para o mesmo lado, em ambas.
  2. Conte 14 carreiras no corpo do cachecol, acima do marcador, garantindo que as duas peças estejam alinhadas, carreira a carreira. Coloque outro marcador no ponto onde o final do bolso encontra a 14ª carreira, unindo as duas peças.
  3. Una os cantos da outra parte de baixo (do cachecol e do bolso) com um marcador de pontos.
  4. Conte 14 carreiras no corpo do cachecol, acima do marcador, garantindo que as duas peças estejam alinhadas, carreira a carreira. Coloque outro marcador, unindo as duas peças.
Passe o elo preso ao crochê para o outro lado, antes de começar a unir.

Faça pontos baixíssimos, unindo o bolso ao corpo do cachecol. Ao chegar no primeiro marcador azul, faça os pontos baixíssimos somente no bolso, sem atravessar a peça. Ao chegar no segundo marcador azul, volte a atravessar a peça toda com os pontos baixíssimos.

Ao chegar ao canto, faça 1 pb, 1 corr, 1 pb.

Agora, colocaremos os marcadores para os buracos dos dedinhos.

A partir do canto (marcador rosa), conte duas carreiras. Coloque o primeiro marcador.

Três carreiras mais adiante, coloque outro marcador. O espaço entre eles é onde deixaremos o buraco para o dedão. Repita a operação do outro lado.

No extremo do cachecol (onde ficarão os quatro dedos), temos 14 pontos. Colocaremos marcadores, unindo as metades, nos pontos 1, 4, 7, 10, 13.

Coloque marcadores nos pontos 1, 4, 7, 10, 13.

Nos pontos em que há os marcadores, faça pontos baixíssimos unindo as duas peças. Nos pontos sem marcador, faça os pontos baixíssimos somente na peça que está virada para você (o bolso).

Continue crochetando normalmente como fez até agora, lembrando sempre de deixar o buraco para o polegar também do outro lado do cachecol. 

E a praticidade desses bolsos, em temos de corona, heijn? (Foto e peça: Daisy)

Quer enfeitar sua peça? Use tassels, pompons ou o que a sua criatividade mandar!

Cada uma de nós quatro fez do seu jeitinho (e vamos te ajudar a conseguir os mesmos resultados que a gente, compartilhando lá no grupo e também nos nossos instas algumas dicas pra que você não precise passar pelo mesmo faz-e-desmancha que a gente hehehehe)

Um recadinho às minhas Girafolícias: gurias lindas da minha vida, MUITO OBRIGADA por esses dias tão divertidos, por toparem todas as loucuras (e proporem a maioria delas, verdade seja dita HAHAHA) e por serem simplesmente três das mulheres mais admiráveis que tive o privilégio de conhecer. Obrigada por darem sentido a tantas coisas, nessa caminhada! Amo vocês e amei parir essa receita em conjunto! hahahaha #BabyFrank hahahaha

Segura essas fotos BRASEEEELLL:

Se fizer, não esqueça de marcar a gente usando a hashtag #DesafioCrochetLand, pra todo mundo ver sua peça! 😀

E posta também lá no grupo mais legal do mundo mundial, o Desafio Crochet Land. É o lugar mais legal para tirar dúvidas, fazer perguntas e compartilhar conhecimento. Vem fazer parte do nosso clubinho virtual! <3

Você pode vender peças feitas com todas as receitas aqui do site, inclusive esta. Por favor, não reproduza a receita como sendo sua. Se quiser compartilhá-la, envie esse link. Se possível, me marque como criadora quando você postar. Assim, eu te ajudo criando receitas e você me ajuda divulgando meu trabalho, e postando cada vez mais por aqui! 🙂

Obrigada pela companhia.

Beijas, e bom crochê! :*

Deixe uma resposta