Meu 'crotesto' em forma de bolsinha. <3
Leia em 3 min

(LINKS para o PAP no final do post!)

Primeiramente, Fora Temer!

Segundamente (solicito licença poética pra usar palavras inventadas), está no ar o #DesafioDescolado do grupo Crochê Descolado! Uhul!

As coleguíneas gringas fazem uma parada divertidíssima, chamada Crochet Along (CAL, para as íntimas), onde algum site, marca ou designer lança uma receita aos pouquinhos, e um grupo de pessoas vai crochetando ao mesmo tempo, todo mundo junto.
Como não me ocorre que haja alguma coisa com um nome parecido por aqui, #comlicencinha que a gente está traduzindo livremente esse negócio como #CrochetaJunto!

Como eu disse lá no grupo: apesar do cunho político do desafio deste mês, a intenção não é causar, gerar brigas e muito menos ofender alguém. Caso você não goste ou não aprove a peça desenhada para o desafio deste mês, BASTA NÃO PARTICIPAR. Ok? Ok.

A escolha da frase polêmica quase mais polêmica que mamilos, vem da sensação de que a expressão “Fora Temer” acabou saindo da esfera política e virando algo cultural, que vai permanecer com a gente por muitos anos. Mesmo depois que o Temer já estiver Fora, a frase vai fazer parte do patrimônio cultural pós-golpe. Nossos netos vão vir pedir a bênção, e a gente vai responder que “primeiramente…?” “Fora Temer, vó!” Hahaha

O desafio deste mês é um protesto em forma de estojo porta-agulhas (#crotesto), confeccionado com a técnica do fio conduzido, que é quando a gente usa mais de uma cor, mas crocheta por cima das cores que não está usando naquele ponto ou conjunto de pontos.

Como a maioria das participantes sugeriu, vou postar as instruções para o desafio com um gráfico + passo-a-passo bem detalhado (dividido em alguns posts). Este post aqui vai centralizar todos eles (conforme eu for postando, vou atualizar os links aqui).

Lá vai o gráfico! Tcharam!

Deu vontade de bordar isso em ponto cruz, não deu? #sejoga colega!

Não estranhem o fato de este gráfico não se parecer com um gráfico de crochê, mas sim, com de ponto cruz. Isso é porque cada quadradinho será lido como um ponto baixo. O gráfico aqui se refere à parte da frente do estojo; na parte de trás, basta repetir a mesma quantidade de pontos da parte da frente.

No gráfico, tem 70 pontos de largura por 35 de altura. Pra fazer a parte de trás, a gente só vai duplicar a largura (140 pontos). Mas eu explico isso direitinho na próxima postagem.

A linha sugerida é a Charme da Círculo, em duas cores contrastantes (a principal para a parte de fora, e a secundária para as letras). Você vai usar algo em torno de meio rolo para a primeira, e bem menos que isso na segunda. 

A agulha sugerida é a 2mm, mas acredito que até uma 2,5mm seja possível. A que eu vou usar é a 2,25mm da Clover Amour.

Como a técnica ainda é um bicho-de-sete-cabeças pra bastante gente, vou fazer essa peça o mais explicadinho possível, ao longo de alguns posts. Se você já manja da técnica, usa o gráfico e #sejoga!

Depois marca a gente com hashtags pra acompanharmos seu progresso!
Se quer que todo mundo veja: Use as hashtags #desafiodescolado e #crochetajunto pra gente ver como ficou!
(Se quer que eu veja, especificamente eu, usa a #heyscopel que eu baixo lá na sua postagem com meu raio-solucionador-de-dúvidas!)

Crédito da imagem: redbubble

Beijin. :*

UPDATE – olha aí os links pro PAP:

PAP (Passo a passo) parte 1 – As carreiras de base

PAP (Passo a passo) parte 2 – A troca de cores

PAP (Passo a passo) parte 3 – Acabamento e costura

PAP (Passo a passo) parte 4 – Crochetando o zíper