A estampa queridinha que vai e volta desde os anos 20, promete voltar outra vez, junto com o friozinho da nova estação (foto: fashionmakestrends.com)
Leia em 3 min

Pied de Poule? Oui! Abril taí e, depois de tanta espera (causada pela viagem mais querida dos últimos tempos), venho trazer um desafio que já me deixou viciadinha (tô na terceira peça) antes mesmo de ser lançado: o Desafio Crochet Land do mês de abril é a estampa eternizada por Coco Chanel: pied de poule! (leia: piêde púl)

Esse nome vem do francês e significa: “pé de galinha”, por conta dos desenhos formados pela estampa. A versão maior da estampa é chamada de “pied de coq“, que quer dizer “pé de galo”. Várias fontes, como o site Fashion Makes Trends, a blogueira Claudia Bartelle e a revista Cláudia estão apostando na estampa como tendência para a próxima estação, por suas aparições em desfiles e campanhas de marcas famosas, na última temporada. Só queria dizer que esse desafio estava no forninho desde janeiro, quando aprendi uma variação do ponto com minha querida amiga Soraia, ou seja: vi antes da revista ( ͡° ͜ʖ ͡°) hahahahaha

Em inglês, a mesma estampa ganhou o nome de houndstooth, que quer dizer “dentes de cão de caça”, também por conta do formato. Uma busca por qualquer um dos nomes, tanto em inglês quanto em francês, vai dar uma tarde inteirinha perdida no pinterest, babando nas referências lindas. Juro juradinho.

É maravilhoso ver como a estampa é formada através do entrelaçamento dos fios, no momento da confecção. O pied de poule virou um ícone e, hoje em dia, conseguimos esse efeito com diversas técnicas diferentes – inclusive, estamparia. Curiosamente. (foto: wikipedia)

A estampa pied de poule é formada pelo entrelaçamento de fios de cores contrastantes (a princípio, brancos e negros mas, quem tem limite nesse mundo é município, minha gente), como no esquema da foto acima. E nós, peritas-em-entrelaçar-fio que somos, fazemos o quê? Entrelaçamos eles na cor e quantidade que quisermos, e usando mais de uma técnica!

Pra fazer o pied de poule em crochê, você pode trabalhar conduzindo o fio seguindo um gráfico, ou pode fazer esse ponto super fácil que eu vou te ensinar no próximo post 😉

A primeira peça que eu vou trazer, neste desafio, é um estojo preto e branco, feito com fio de algodão e agulha 3,5 mm. Mas por aqui também rolou uma clutch com uma 2mm e uma gola preta e mostarda, a cara do inverno. Vamos ver ao longo do mês qual das duas eu consigo postar também 😀 (se tiver preferência, deixa sugestão nos comentários, pra me ajudar a decidir).

Na feira em que fui em Março, dei de cara com essa belezoca e não postei pra não correr o risco de estragar a surpresa. Agora já posso. Hihihihi

Neste mês, também teremos uma receita de uma convidada linda e sherosa, que vai trazer pra gente um arzinho de Londres em uma receita super quentinha e pra lá de gostosa de fazer. Já sabe quem é? É a lindeusa da Amanda Ourofino, nossa correspondente crochetícia brasileira nas terras da rainha!
Se você ainda não conhece o trabalho dela, recomendo que você dê uma olhada no blog lindo e cheio de receitas e inspirações que ela mantém.

Pra pedir ajuda, e pra não perder nenhuma atualização (como as receitas e participações especiais), pede pra entrar no grupo mais legal do mundo mundial, que lá é onde a magya acontece. E me segue no instagram, que é onde eu coloco as notícias todas.

Use a hashtag: #desafiocrochetland pra todo mundo ver a sua peça!

Beijas, e bom crochê!

PS: precisando de uma ajudinha criativa em forma de receita? Se joga aí nas que estão sendo publicadas ao longo deste mês!
Receita: Estojo em Pied de Poule (Bruna Scopel)
Receita: Gola em Pied de Poule (Amanda Ourofino)

17 COMENTÁRIOS

  1. OMG OMG OMG 😱😱😱! Ansiosa para aprender vários jeitos de fazer essa estampa maravilhouser!
    Bruna sempre trazendo coisas lindas para estimular a nossa criatividade e nos deixar por dentro das tendências!!
    ❤️🥰

Deixe uma resposta