Parece "oh" super elaborado, mas dá pra fazer com um olho no Netflix e o outro também.
Leia em 3 min

Colar de crochê com brinco combinando: pode isso, Arnaldo? Mas é claro que pode. Ainda mais quando a pessoa se divertiu absurdos fazendo o brinco, e curtiu um outro absurdo andando com ele por ai, se sentindo lyndra.

Aí que ontem, antes de dormir, bateu aquela vontade marota de fazer conjuntinho (anos 90 moram em mim) e em dois episódios de S.H.I.E.LD estava feita a bagunça. Quer fazer também? Então vem, miga, sua loka, e cata a mesma linha que você usou pra fazer o brinco! (Se não fez o brinco, volte seis casas, digo, seis posts e cola aqui, ó. Não leva nem meio episódio pra fazer, olha que bacana!).

Colar Circular (ai, rimou!)

Agulha:  Qualquer coisa entre 2mm e 2,5mm (usei a 2,25mm da Clover Amour)
Linha: Charme | Círculo (E usei pra cor rosa a Capri da Kátia, mas ela é exatamente igual à Charme, pode escolher duas cores diferentes que tá sucesso)
Tamanho (aprox): aproximadamente 15 cm (nas partes mais largas)
Tipo de crochê: circular
Nível: tecnicamente de boas, mas demora um cadin.

Pontos usados:
pa: ponto alto
anel mágico

  • DICAS DO AMÔ: Tô promovendo um demonte da caixa de bijuterias velha das pessoas. Hahaha Pega aquele colar que você não ama mais, ou que tem um pedaço faltando, e recicla as peças pra fazer esse. Igual fizemos com os brincos, pra não precisar ir comprar (que a vontade de crochetar é hoje, é agora, e ninguém é obrigada a esperar ir no centro pra fazer as coisa tudo).
  • Quando eu colocar algo entre parênteses é pra repetir aquilo até o final (ou pelo número de vezes especificada. Por exemplo: “[2 pa, 1 pa] ao redor” significa que é pra fazer um aumento e um ponto normal até a carreira acabar.
  • Nessa receita, pra ficar do jeitinho que eu fiz, são três círculos grandes e dois pequenos. Mas você pode criar à vontade!

CÍRCULOS GRANDES (que tem três camadas)
Faça 2 vezes esse:
(Com a cor rosa, que estava em menor destaque no brinco):
Carreira 1: 2 corr + 15 pa no anel mágico.
ATENÇÃO: você não vai juntar com ponto baixíssimo. Hoje não, Faro.
Vai fazer o arremate que está no final deste post (com galeria de fotos e tudo).
(Troca pro bege)
Carreira 2:  2 corr pra subir (não conta como ponto alto). 2 pa SOMENTE NA ALCINHA DE TRÁS em cada ponto alto da carreira e baixo. Corta e arremata (e esconde o fio) da mesma forma legalzuda.
(Volta pro rosa)
Carreira 3: 2 corr pra subir (jamais contará como ponto alto). [2 pa, 1 pa] ao redor.
Corta, arremata e esconde o fio.

Agora faça mais 1 vez a mesma coisa, mas com as cores invertidas. 

CÍRCULOS PEQUENOS (Que tem duas camadas. Na receita do brinco ele era o círculo grande, veja como a vida é)
(Com a cor rosa que fez o brinco acidentalmente parecer uma tetinha)
Carreira 1: 2 corr. + 12 pa. no anel mágico.
Yes, mais uma vez, nada de ponto baixíssimo. Arremate legalzudo no rolê todo.
(Troca pro bege)
Carreira 2: 2 corr pra subir. 2 pa. SOMENTE NA ALCINHA DE TRÁS em cada ponto alto.
Já sabe como finalizar, né?
Agora junta todo mundo lindo, usando argolinhas e coloca uma correntinha com gancho de um lado, e outra sem do outro. Tcharam!

Considerações finais:
1. Na receita do brinco, muita gente usou o próprio crochê pra pra unir os círculos e eu achei lindo! E bem prático. Se for fazer isso com o colar, só tem que ficar muito ligada pra ele não ficar torto (a vantagem das argolinhas é que dá pra mexer quando quiser, até mesmo pra substituir algum).
2. Tô considerando começar a postar no final de cada receita, fotos das pessoas que fizeram. Já pensou que delícia, ter noção de como fica a receita através de várias mãos diferentes? <3 Tô namorando a ideia.
3. A Débora Alves, do blog Modernizando o Crochê, disse que vai fazer um vídeo dos brincos! <3 Fica ligado lá pra não perder!

Deixe uma resposta