Fala se não é a coisa mais querida? Eu tô ficando a louca dos cactos! Hahaha
Leia em 5 min

Esse cacto da bola vermelha é o clássico dos cactos de crochê. Seja porque ele é vistosinho, seja porque é simples de fazer (a maioria faz uma sanfoninha e coloca uma bolinha em cima), o fato é que ele é campeão no quesito plantinha crochetada.

Como eu disse em outros posts, tenho estudado as plantinhas pra fazer as receitas e, o que reparei é que não, senhoras e senhores, ele não é uma sanfoninha. O nome científico dessa dilícia é Gymnocalycium Mihanovichii Hibotan (saúde!), e ele é um cacto com três (ou quatro) “paredes”, em vez de ser redondo e sanfoninha (apesar de a sanfoninha ser puro amor, concordo).

Então vamos fazer esse chuchuzin em espiral normal de amigurumi, e depois a gente usa a sanfoninha pra fazer a bolinha (eeeeeeê!) que fica em cima dele.

Primeiramente fora temer eu gostaria de dizer que sim, eu sei que as fotos fazem falta. Mas os PAP de fotos levam bem mais tempo pra fazer, de modo que eu gostaria de liberar as receitinhas pra não gerar atraso no #Hooktober e, na primeira oportunidade que houver, refaço as plantinhas pra ir tirando as fotos do PAP. Tudo bem por vocês?

E sempre existe a possibilidade de você falar comigo, seja no grupo, seja por DM no insta, seja pela hashtag #heyScopel que eu baixo lá pra tentar te ajudar. Zeca, um querido lá do Crochê Descolado, já pediu live de cactos e será atendido! #amem

Chega de textão (mentira, nunca chega <3 ) e bora pra receita!

🌵 Cacto da bola vermelha – Receita de Crochê

Agulha: entre 2.5 mm (usei 2.25, mas acredito que a 2.75 seria perfeita pra essa linha)
Linha: Amigurumi| Círculo (Yes, comprei linha nova pro Desafio! Hahaha)
Tamanho (aprox): 8.5 cm altura (eike grandinho)
Tipo de crochê: espiral (cacto) + carreiras (bola vermelha)
Nível: fácil (é fácil, vai? se achar difícil me avisa que eu revejo aqui)

Pontos usados:
anel mágico
pb: ponto baixo
blo: ponto baixo só pela alça de trás (a sigla vem do inglês, back loop only, tô sendo didática hahaha)
1 aumento = 2 pb no mesmo ponto
1 diminuição = olha no vídeo da Bia se você não tá ligado nesse paranauê. Já deixei no ponto certo do vídeo!

DICAS DO AMÔ:

  • Pra não repetir a mesma coisa, eu indico uma instrução entre colchetes, com o número de vezes que ela deve ser repetida. Ex: se eu disser [1 aum, 2 pb] ao redor – é pra fazer a volta toda o que está dentro do colchete. Ok? Ok.

Corpo do cacto (linha VERDE)
Carreira 1: 6 pb no anel mágico (6)
Carreira 2: 1 aum em cada ponto (12)
Carreira 3: [1 aum, 1 pb] ao redor (18)
Carreira 4: [1 aum, 2 pb] ao redor (24)
Carreira 5: [1 aum, 3 pb] ao redor (30)
Carreiras 6 a 19: 1 pb em cada ponto (30)

Deixa rabinho pra costurar os gominhos.

Parece uma patínea de amigurumi, mas é uma plantínea

Falando em gominhos, modele 4 com a mão (com 3 também ficaria sensacional), meio em forma de “cruz”, olhando de cima. E siga costurando todos eles juntinhos, pra ficar como na foto.

gominhos modelados (achei que 4 era melhor que três, mas acho que o próximo vou tentar com três!)

Quando eu costurei, achei que ficou meio sem forma e, apesar de a planta ser completamente achatada, usei quatro hashis (palito de comer comida japonesa) pra dar aquela ajeitada marota no trabalho. Depois de um tempo assim, tirei os hashis e modelei com a mão em um formato que me agradasse.

quem manda no formato sou eu e não a linha! #grlpwr

São 19 carreiras porque me perdi assistindo Designated Survivor e esqueci de parar, mas achei que ficou ótemo. 

Bola vermelha (linha VERMELHA)
Deixe um “rabinho” de uns 20cm pra costurar depois.
Carreira 1: 7 corr (7)
Carreira 2: pule a primeira corrente próxima à agulha, e faça 1 pb em cada ponto, a partir da segunda (6)
Carreira 3 a 17: 1 pb blo (só na alça de trás) em cada ponto (6)
Carreira 18: Quando você juntar a carreira inicial à carreira final, a peça vai ficar em forma de “tubo”. Crochete juntando a última carreira à primeira. (passe a agulha por um ponto da primeira carreira antes de fazer os PB da carreira que você está trabalhando).
PS: Se complicar, você pode simplesmente fazer a última carreira normalmente e, com o auxílio de uma agulha de tapeçaria, fechar a última carreira.

Deixa uns 20cm de fio pra costurar esse lado.

Agora a gente vai transformar esse tubo em bolinha.

Passando a agulha pelo topo de cada parte mais alta, feche os tubos, puxando bem (cada lado com sua própria linha). Escolha o lado mais bonito (me julga hahaha) e passe os dois fios para o lado oposto. Essa lado oposto será o que vai ficar preso no cacto.

Explicando como fecha a sanfoninha, visualmente. Eu nem lembrava que tinha foto, porque fiz à noite, quase dormindo. Hahaha

Agora é só prender a bolinha no topo do cacto, usando a agulha e fazendo uns dois pontos de arremate. Depois, esconda o fio vermelho pra dentro do cacto e corte.

Tcharaaam! Está pronto seu Cacto de bola vermelha.