Vamos desbravar juntos os menus, abas e funções novas do app?
Leia em 7 min

Em março de 2018, marido resolveu o maior chororô da minha vida crocheteira: o pé-nos-ovários que era andar com caderninho pra anotar o tempo que leva pra tecer uma peça. Nasceu então o App Crochet Land, em que se pode abrir um cronômetro pra cada peça que está sendo crochetada (ou tricotada, ou bordada, ou assada etc), e ainda por cima dá pra gente anotar que linha e agulha usou! (quem nunca esqueceu, meses depois, né?)

Conforme o tempo passou, mais funções foram sendo acrescentadas, e hoje já é possível adicionar fotos e anotações aos projetos, encontrar as lives e os posts do blog dentro do app, colocar link para receitas e, a mais sensacional de todas: precificar automaticamente!

Vamos para um tutorial lindo e maroto, shall we?

Tutorial básico de como usar o aplicativo Crochet Land 

  1. Baixe o app

    Você pode fazer isso na Play Store ou App Store (o app está disponível para Android e iOs).

  2. Faça login

    Utilizando sua conta Google ou sua conta do Facebook. Sim, é fundamental fazer login, porque é através dele que seus projetos ficarão salvos pra sempre, e poderão ser acessados de qualquer dispositivo logado.

  3. Crie um projeto

    Tocando no botão +, que fica no cantinho direito inferior da tela.

  4. Dê um nome ao projeto

    E ele pode ser o nome da peça que você está fazendo. Ex.: “Casaco da Maria”, “Xale Vírus”, “Tapete da Sala”, etc.

  5. Entre no projeto

    Tocando nele, na listinha em que agora ele apareceu. Êêê!

  6. O Cronômetro é a primeira aba

    E ela fica logo embaixo do título. Para medir o tempo, basta tocar o play e começar a crochetar. Não esqueça de pausar, quando parar. E de alongar de vez em quando (a gente vai te lembrar disso, fica tranquila).

  7. A segunda aba é a aba de Anotações

    Nela você pode anotar qualquer coisa referente ao projeto. Ideias, modificações na receita, criar sua própria receita… O que você precisar.

  8. A terceira aba é a aba de Materiais

    Para utilizar a precificação, é fundamental colocar os materiais e os valores deles corretamente. “Agulha” e “Outros – Durável” não são contabilizados na hora de precificar, são informações só pra você ter lá, se quiser. O restante é contabilizado na hora de precificar.

  9. A quarta aba é a aba de Precificação

    Uma vez que você colocou todos os materiais, e contabilizou o tempo corretamente, é nela que você vai encontrar a sugestão de preço quando finalizar. Dizem as boas línguas que enviar print dessa tela pro cliente reduz em até 70% o chororô na hora em que você diz o preço da peça a ele. Dados do Instituto Bruna de Pesquisas.

  10. Na quinta aba estão as Fotos

    Para adicionar fotos novas, você pode tirá-las com a sua câmera a partir do app (mas depois ela fica só no app) ou tirá-las antes com a sua câmera e subir por ali (recomendado).

Mais funções e ajustes do aplicativo Crochet Land 

Meu Perfil – que informações eu posso alterar nele? 

  1. A moeda

    Ela é, por padrão, a das configurações de idioma do seu celular. Mas você pode alterá-la clicando no seletor.

  2. O valor da hora

    O valor da hora trabalhada é uma informação extremamente pessoal. Por padrão, fizemos alguns cálculos e chegamos a 8 reais a hora como valor absolutamente mínimo. Porém, esse índice pode e deve ser alterado para que represente o valor da sua hora, e que vai ser levado em consideração no cálculo da precificação. (A título de curiosidade: pegando o salário mínimo no Brasil, que é 954 reais, e dividindo pelo número de horas trabalhadas no mês, que é 176, chegamos ao valor de R$ 5,42. Aumentamos esse valor para R$ 8 reais que, multiplicados pelo mesmo número de horas pressupõe um salário de R$ 1408 reais mensais, ou menos horas trabalhadas para chegar ao salário mínimo). Porém, reforçamos: você pode E DEVE aumentar esse valor, sempre que seu trabalho tornar isso possível pra você.

  3. O índice de Markup

    É um lindo! Esse índice é a forma de precificar suas peças que inclui por todos os custos envolvidos (água, luz, telefone, idas ao armarinho, etc) sem que você precise efetivamente calcular todos eles. Esta maneira de precificar também inclui uma margem de lucro (fundamental pra que seu negócio possa crescer e se manter) e leva em conta o material utilizado. Na humilde opinião desta jornalista ela é, de longe, a melhor de todas as maneiras de cobrar por produtos feitos à mão. Ele é um número que multiplica o valor do seu produto final, e que pode ser alterado conforme a sua necessidade. Para alterar esse índice, que por padrão vem como 1.6, toque sobre ele e use a barra de rolagem para definir seu novo índice.

  4. Preferências

    Aqui é onde você opta por receber as notificações do app como push (aquela coisinea que aparece no topo do seu celular quando alguém te manda mensagem). E também escolhe se quer deixar a tela ligada enquanto conta tempo (mas saiba que a tela ligada devora bateria).

Outras configurações e menus da tela inicial

  1. O idioma

    É, por padrão, o do seu celular. Mas nada te impede de mudar para um dos quatro idiomas suportados pelo aplicativo: inglês, português, espanhol e catalão. São os idiomas que marido e eu falamos, e em que conseguimos dar suporte para usuários que eventualmente tenham problemas e nos contactem em uma dessas línguas. Ou seja: não adianta pedir o app em alemão que, infelizmente, não teremos. Hahahaha

  2. Bacanices

    Nesse menu você pode encontrar os posts do blog mais legal do mundo mundial. Tem, inclusive, umas receitas super da hora, uns textinhos do amô, e uns desafios diferentosos todos os meses. Se estiver afim de crochetar e não souber exatamente o quê, clica ali e seja feliz. Sem nem precisar sair do app, olha que coisa ótima.

  3. Vídeos

    Todas as quintas, às 19h30, acontece uma live no youtube, onde batemos papo sobre essa vida cheia de fios que nos pega de jeito. Você é bem vinda pra participar dela sempre que quiser (aliás, vamos te mandar um oizinho pelas push segundos antes de entrar ao vivo). Todas elas ficam gravadas depois de irem ao ar, e estarão disponíveis nessa aba – junto com quaisquer vídeos de PAP que a gente subir no canal. Eike luxo!

  4. Sugestões

    Teve alguma ideia ótima de função que o app pode ter? Quer dar uma espiada nas sugestões que as outras pessoas estão enviando pra gente? Aqui é o lugar. Inclusive, é possível votar nas sugestões que você curtir, porque é assim que a gente decide que novas funções vamos implementando ao longo do ano. Em 2018, recebemos 220 sugestões, e conseguimos colocar em prática 109 delas. Uau!

  5. Sobre

    Aqui é onde deixamos anotadinho o que fizemos na última alteração que subimos pra App Store e Play Store – por falar nisso, mantenha seu app atualizado, baixando sempre que possível as atualizações. Também listamos as melhorias, o número da versão e também (já que estamos aqui), também deixamos todos os links das nossas redes sociais.

  6. Fale conosco

    Se alguma coisa bizarra acontecer no seu app, se você não conseguir utilizar alguma função, se qualquer coisa se passar e você precisar de suporte técnico, pode entrar em contato com a gente por esta aba, ou através do e-mail [email protected]. Não esqueça, antes de mandar qualquer coisa pra gente, de verificar se seu app está atualizado, entrando na loja de aplicativos, aqui ó.

  7. Sair

    Não clica aqui. A não ser que você queira fazer logout pra depois entrar com outra conta. Nesse caso, clica aqui sim.

Este post foi um tutorial básico de como mexer no app Crochet Land. Temos previsto na programação do ano que vem, incluir uma área com as questões mais perguntadas, a famosa “FAQ” do app. Se você tem alguma dúvida, alguma pergunta que eu não respondi nesse post, ou alguma coisa que cê não entendeu, deixa aqui nos comentários pra eu tentar te ajudar.

Beijas e bom crochê! :*

2 COMENTÁRIOS

  1. Baixei agora, e estou amando, mas tenho uma dúvida.Fiz uma bolsa em croché, gastei 14 reais na linha, mas não usei tudo, us3i um pouco mais da metade, na hora de colocar o valor no app coloco o valor total da linha?

Deixe uma resposta